fbpx

Como montar uma Sequência Didática?

Sequência Didática

Professores e educadores possuem uma grande responsabilidade que é a de educarem com êxito, alunos de todas as séries escolares. Mas para que esse plano dê certo, é necessário um planejamento prévio das aulas, bem como os conhecimentos que serão aplicados no âmbito escolar. O nome correto a essa linha de ensino é, sequência didática.

Não se trata somente passar uma matéria aos alunos, mas sim usar estratégias, formas, aplicações, avaliações individuais, e em grupo, a fim de mensurar a assimilação do conteúdo aplicado na sala de aula. Desse modo, os pais e responsáveis devem participar de todas essas etapas da vida dos filhos.

Veja também como incluir deficientes visuais na educação!

Planejamento e aplicação do plano de aulas

Sequência Didática

O que é sequência didática? É um conjunto de atividades e etapas do aprendizado, a fim de que o conteúdo aplicado seja de fato assimilado pelos alunos. Mas, não basta somente ensinar em sala de aula todos os dias, de maneira generalizada.

Publicidade

Todo o conhecimento passado, deve ser direcionado conforme as necessidades de cada aluno. Isso, a fim de que ele entenda do seu próprio jeito.

Alinhando os objetivos e necessidades dos alunos

Assim como citamos acima, professores e alunos possuem formas diferentes de interpretar um conteúdo. Enquanto uns são mais rápidos em aprender, outros precisam ler mais livros, ver vídeos educativos, assistir palestras ou mesmo escrever textos, para de fato assimilarem o conteúdo.

Todas as formas de aprendizado são válidas, cada uma no seu tempo, afinal de contas somos diferentes uns dos outros. Vamos considerar os seguintes pontos a fim de se obter uma sequência didática coerente:

  • Definir objetivos atingíveis: levar os alunos a lerem melhor, com mais desenvoltura e sondar o que eles já sabem usando atividades práticas;
  • Escolher quais os conteúdos serão abordados conforme a faixa etária (inclusive se eles já sabem ler, escrever ou interpretar textos);
  • Alinhar o conteúdo aplicado com todos os professores previamente;
  • Conciliar o modelo de sequência didática ao Projeto Político-Pedagógico (PPP);
  • Otimizar o tempo de ensino em sala de aula;
  • Utilizar materiais e ferramentas que capturem a atenção do aluno;
  • Incluir em todas as atividades didáticas, alunos que possuam necessidades especiais;

Por fim, todas essas aplicações possuem um único ponto, que é se os alunos aprenderam o conteúdo e quantos deles precisam de mais ajuda e reforço, por meio de avaliações (provas) em grupo, em dupla ou individuais.

Modelo de sequência didática

 

Uma sequência didática ideal, possui todas as seguintes informações:

  • Apresentação da proposta do plano de aulas
  • Fazer a sondagem do conhecimento dos alunos
  • Mensurar o contato dos alunos e os gêneros textuais
  • Produção de texto
  • Promoção de leituras dos materiais, e reflexões sobre diversas opiniões
  • Produção de texto coletiva e individual
  • Revisão do conteúdo
  • Comparação de resultados por semestres

Vamos listar alguns modelos de sequência didática, a fim de ilustrar o que deve acontecer em sala de aula:

Publicidade

1-Objetivo da aula

  • Aprender a multiplicar números particulares; Ano escolar: quarto e quinto Ensino Fundamental.
  • Conteúdo aplicado para seis aulas: cálculos mentais de divisão e multiplicação, baseados nas propriedades do sistema numérico.
  • Ensinar aos alunos os cálculos que eles conhecem, a fim de aprender os que ainda não sabem.
  • Ensiná-los como usar a propriedade de distribuição da multiplicação, a adição e a subtração.

2-Objetivo da aula

  • Fazer um artigo de opinião, baseado no gênero textual; Alunos do Ensino Médio.
  • Para criar um artigo de opinião, a classe deve ficar em círculo.
  • Explicar a importância da atividade aos alunos, ensinando-os os fundamentos da argumentação.
  • Dar aos alunos uma cópia do texto modelo a ser estudado, de preferência um que desperte a atenção dos alunos.
  • Explicitar detalhadamente quais serão os argumentos que eles deverão inserir no novo texto.
  • Logo depois de prontos, pedir aos alunos que troquem os textos entre si. A fim de enriquecer e enfatizar os pontos da lição, baseados nas opiniões de cada um.

3-Aprendendo sobre nomes

  • Elaborar crachás com o nome dos alunos; Ensino Fundamental;
  • Com uma cartolina, o professor escreverá (ou deixará os alunos escreverem) o nome de todos os colegas da sala, com letra de fôrma na frente, e atrás com letra cursiva.
  • A seguir, cortar os nomes da cartolina, de maneira que os alunos percebam que nomes menores ficam em caixas pequenas, e nomes maiores precisam de mais espaço.
  • Pode-se acrescentar cartolinas de cores diferentes, a fim reforçar a percepção e aplicação das cores.
  • Reforçar a ideia de que os nomes são escritos usando letras e pronúncias diferentes.
  • Estimular o respeito ao colega de classe.

Aos poucos, os sistemas tradicionais de ensino estão se adaptando aos novos modelos mais eficazes. Essa atualização é necessária, pois a cada ano, novos alunos entram no ensino fundamental e médio, onde devem aprender essas novas vertentes educacionais para se formarem com êxito.

Respeitar, incluir, abrir espaço a opiniões diferentes, estreitar a relação entre os pais, alunos e os professores da escola, são passos importantes baseados na sequência didática correta.

Onde usar as sequências didáticas?

As sequências didáticas podem ser usadas em todas as matérias: na Língua Portuguesa, Inglesa, Educação Física, Sociologia, Matemática, Física, Química, Biologia e todos os conhecimentos ensinados nas escolas.

Com a expansão da internet, e de todos os conteúdos inseridos nela, os professores têm lidado com uma classe de alunos extremamente informatizados, o que por um lado é bom, mas por outro pode ser um obstáculo para assimilação de um novo conteúdo.

Assim como dito acima, os pais devem reforçar o conteúdo aprendido em sala de aula também em casa, dando-lhes assistência e tirando possíveis dúvidas dos estudantes.

Não só os professores são responsáveis por passar e ensinar o conteúdo social, mas os pais também devem participar da vida escolar dos filhos.

Uma parte não pode caminhar sem outra, do contrário, os estudantes se tornarão adultos inseguros e desamparados emocionalmente, o que prejudica a vida social, amorosa e profissional deles.

Veja como fazer o seu planejamento de aulas com estas dicas valiosas!

Post Tags
About Author: Equipe Aula Pronta
Publicado por um redator oficial do blog do Aula Pronta. Estou aqui para lhe ajudar com conteúdo informativo e original!